Morremos como peixe, pela boca.

35589147395_71bd939172_c

Morremos como peixe, pela boca.
O que comemos, o que bebemos!
O que deixamos de comer, o que deixamos de beber!

Tudo isso melhora ou piora nossa saúde. o ser humano se alimenta mal diariamente, as grandes inovações nutricionais tendem a manter os alimentos por mais tempo com possibilidade de serem ingeridos e com isso tem afetado nosso organismo de maneira a nos deixar cada vez mais doentes e com isso cada vez mais dependentes de medicamentos, tratamentos, muitas vezes invasivos que ajudam aqui e prejudicam ali. A ciência então busca paliativos, remédios(remediar) algo que vai ajudar em um ponto, mas, a longo ou curto prazo criar outros problemas de saúde.  Nós, seres humanos, criamos embalagens que afetam em anos a natureza imagine a natureza humana, a saúde humana.

O ser irracional, homem, destrói, a realidade da natureza animal, imagine que ele retira leite de gado, para dar ao gato, uma verdadeira mistura de espécies, e para si, faz o leite para consumo próprio em laboratórios, com isso, como fica nossa saúde? Ao longo do tempo afetada e contaminada.

O que fazer então?  Procurar ajuda de um especialista, um médico, um farmacêutico, um hospital; A partir de então usar drogas e mais drogas, deixando sua saúde algumas vezes piorada porque ficamos cada vez mais dependentes de remédios que normalmente tem um componente ativo para tratar algo, ajudam, mas afetam em outro, que por sua vez precisa de outro medicamento e assim o ser humano chega à idade avançada usando pelo menos dois a três remédios para sobreviver.

Todo ser humano tem direito à saúde, de acordo com nossa constituição, será que por termos direito deixamos de cuidar de nosso maior bem? Nossa própria saúde. Se aprendermos regras simples de alimentação evitaremos muito uso de medicamentos. Vivemos essa realidade.  Somos escravos de nós mesmos, costumes e usanças, o que comemos e o que bebemos nos leva hoje a uma boa saúde daqui há anos e temos hoje o que plantamos anos atrás.

Alguns de nós, tem despertado e descoberto que o nosso amanhã depende das decisões tomadas hoje, saiba se nutrir, crie novos hábitos alimentares, reeducação. Mais atenção do que e como comemos. Mexa-se, pratique atividade física. Saia da inércia, solte o controle remoto. Isso aumenta sua longevidade.

Infelizmente nem todos têm essa percepção nem força de vontade para novas rotinas, novos hábitos então passamos a nos preocupar com planos de saúde, a buscar melhores opções de custos e benefícios, não se dando conta que busca, na verdade plano de doença, afinal só utiliza quando está doente. Você pode ter muito mais saúde ficando atento aos perigos do que ingere diariamente.

Acompanhe nossas matérias, estaremos buscando mostrar o que fazer e onde encontrar os melhores projetos e planos de saúde, o que existe e o que está a seu alcance.

Desperte.

Até a próxima.

Deixe um comentário