Buscar

Cuidados Com a Audição


A audição é um dos cinco sentidos do corpo e tem a capacidade de escuta e processamento dos sons, tendo as orelhas como órgãos responsáveis pela captação dos sons. A audição está diretamente ligada a diversas partes do desenvolvimento pessoal (tais como a aprendizagem de idiomas e o desenvolvimento cognitivo, psicológico e social), está também conectada de forma principal à comunicação, orientação e à percepção dentro de um espaço e meio ambiente. Conseguimos, por exemplo, através da diferença de chagada do som em cada orelha, identificar aproximadamente a localização do som, onde ele está sendo gerado. É muito agradável poder apreciar uma boa música ou ter uma conversa com amigos e família, e muitas outras experiências que a audição nos proporciona, mas infelizmente o cuidado com os ouvidos são negligenciados por muitas pessoas por não perceberem a dimensão da importância da audição para uma vida agradável como um todo.


A ausência dos cuidados necessários tende a causar perda auditiva parcial, e em casos extremos, total. Os principais motivos de perda auditiva são:

  • Exposição a ruídos;

  • Acúmulo de cera;

  • Infecção no ouvido;

  • Envelhecimento.

Há também outras causas que envolvem doenças (exemplo: doenças cardiovasculares, diabetes e osteoporose) e medicamentos ototóxicos que podem causar danos aos ouvidos. É importante que não haja negligência quando percebidos os sintomas de perda auditiva e que seja procurado um médico especialista para evitar a progressão do problema. Os sintomas podem se manifestar como:

  • Dor nos ouvidos;

  • Sensação de ouvidos entupidos ou tapados;

  • Secreção nas orelhas;

  • Zumbido persistente;

  • Falta de equilíbrio;

  • Desorientação;

  • Dor de cabeça;

  • Vertigem;

  • Dificuldade de atenção;

  • Dificuldade de compreensão ao ouvir.

Trazemos neste post recomendações de cuidados que ajudam a manter a nossa audição saudável e previnem a sua perda:


Fones de ouvido


Os fones de ouvido podem ser bastante úteis no dia a dia, seja para ouvir música, assistir a um vídeo, filme ou série de TV em um dispositivo móvel, ou simplesmente para fazer uma ligação, no entanto, se usado de maneira incorreta, este dispositivo pode se tornar um grande inimigo da saúde da audição. Os fones de ouvido geram vibrações sonoras dentro da orelha, se utilizados com volume acima do recomendado ou por períodos de tempo muito extensos, as células responsáveis pela captação de áudio, chamadas de “células ciliadas”, receptores sensoriais do sistema auditivo, são sobrecarregadas e podem acontecer duas situações:

  1. As células ciliadas podem se curvar consideravelmente por conta da superexposição ao som alto e causar a perda temporária de audição. Após um tempo estas células podem se recuperar e ter o seu funcionamento de volta ao normal.

  2. As células ciliadas acabam ficando muito danificadas por conta da superexposição ao som alto e ficam impossibilitadas de recuperar-se, causando a perda permanente da audição.

A situação “2” é a mais comum de acontecer. Ruídos acima de 80dB já são prejudiciais à audição, ruídos em 100dB podem prejudicar a audição em poucos minutos e a maioria dos fones de ouvido pode atingir este volume. A própria pessoa é capaz de perceber caso o volume esteja excessivo, os ouvidos tendem a ficar desconfortáveis, e a pessoa pode ouvir zumbidos ao remover os fones de ouvido e ter a sensação de vertigem ou desorientação, e, além disso, se pessoas ao redor conseguem ouvir a música que está tocando no fone de ouvido quando este está sendo utilizado, o volume está excessivo e com chances consideráveis de causar perda auditiva.


Formas de evitar a perda auditiva por uso incorreto de fones de ouvido não são difíceis, a primeira delas é controlar o volume através do próprio dispositivo, escolhendo de forma com que o volume selecionado não esteja próximo ao último volume disponível. É recomendável manter o volume em cerca de 60% da capacidade total, e muitos dispositivos alertam sobre a possibilidade de danos à audição se o volume selecionado for muito alto. Também é recomendável a preferência a fones de ouvido que ficam fora da orelha (supra-auriculares), pois causam menos dano devido à maior distancia entre a emissão das vibrações sonoras e o sistema auditivo interno, os fones intra-auriculares são mais perigosos por estarem dentro da orelha potencializando assim as vibrações muito próximas ao ouvido. Também não é recomendada a utilização de fones de ouvido em locais com muito ruído, como por exemplo, em transportes públicos, pois a tendência será de aumentar o volume para sobrepor os ruídos do ambiente. É interessante priorizar a escolha de fones de ouvido os quais a estrutura física bloqueiem o ruído do ambiente para que seja evitado em qualquer situação o aumento de volume com esta intenção.


Além de poder causar dano auditivo direto causado pelas vibrações sonoras, os fones de ouvido podem causar infecções se utilizados sem a limpeza adequada, por isso, é importante verificar o estado de limpeza dos fones de ouvidos antes de utilizá-los.


Limpeza


Cotonetes estão presentes no dia a dia das pessoas e são a forma mais conhecida de remover cera dos ouvidos, no entanto, remover a cera dos ouvidos é como remover sua proteção, tornando-os suscetíveis à entrada de sujeiras e exposição a bactérias e fungos, mas o maior perigo é a introdução deste objeto muito além do limite, o que pode causar sérias lesões, perfurar órgãos como o tímpano e causar perda de audição.


Em situações normais, os ouvidos tendem a eliminar o excesso de cera naturalmente e este pode ser limpo na parte externa da orelha com uma toalha, pano ou lenço. Caso seja notado um acúmulo de cera excessivo que esteja comprometendo a audição, é recomendada a procura de um médico otorrinolaringologista.


Protetores auriculares


Se você está ou precisará estar em ambientes que o expõe a ruídos excessivos, como por exemplo, ambientes de construção, é de grande importância a utilização de protetores auriculares para evitar perda auditiva. Este tipo de ambiente é bastante nocivo à saúde dos ouvidos e algumas pessoas negligenciam a necessidade de proteção para eles, o que na maioria das vezes causa danos irreversíveis.


Remoção de água dos ouvidos


A situação é comum de acontecer principalmente em crianças e é importante que a água não passe muito tempo dentro dos ouvidos para evitar maiores complicações. A forma mais comum de remoção da água do ouvido é inclinar a cabeça para o lado do ouvido afetado e pular batendo levemente com a mão do outro lado da cabeça. Se mesmo assim a água não puder ser removida, é importante buscar ajuda médica para a remoção da água.


Descanso


Os ouvidos, assim como outras partes do corpo, precisam de descanso. É preciso deixar os ouvidos descansarem após longos períodos de exposição a ruídos, mesmo que dentro da quantidade de dB consideradas não prejudiciais.


Tratamento de infecções


Infecçõs nos ouvidos podem ser causadas por vírus ou bactérias e costumam ser bastante dolorosas. Podem ser consequências de uma gripe ou alergia, além de outros fatores tais como a introdução de objetos sujos no canal auditivo. Se faz necessária a procura de assistência médica ao notar infecção nos ouvidos para que seja prescrito o tratamento correto. Não deve ser utilizada da automedicação, pois há o risco de agravar o problema e danificar a audição.


O cuidado com a saúde para evitar doenças como diabetes e hipertensão também tem consequências para o sistema auditivo uma vez que estas e outras doenças o afetam. É importante fazer periodicamente uma consulta com um médico especialista, otorrinolaringologista, para verificar a saúde dos ouvidos.


Fontes: Só Biologia, Direito de Ouvir, Manual MDS, Hear-it



#CuidamosDissoPraVocê



Qual o Melhor Plano de Saúde Para Você?


"...Saber sobre os tipos de cobertura disponíveis antes da contratação é muito importante para ajudar a tomar a decisão correta sobre qual opção será mais viável de acordo com as necessidades de cada um, ou do grupo de pessoas a fazerem a contratação. ..."

Ler Mais


Exame Sorológico Para o Coronavírus É Incluído no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde Pela ANS


"...A ANS definiu a inclusão do exame sorológico para o Coronavírus no rol de procedimentos obrigatórios a serem cumpridos pelos planos de saúde. A determinação passou a ser válida a partir do dia 14 de Agosto, de acordo com a publicação no Diário Oficial da União..."

Ler Mais


12 visualizações
  • social_media-03
  • social_media-01
  • social_media-02

R. Eng. Ubaldo Gomes de Matos, 53 - Sala 31

Edf. Dormar - Santo Antônio, Recife - PE

50010-907

.

.

© 2020 3W Holding . Todos os direitos reservados

3W Corretora de Seguros LTDA ME   -   CNPJ:21.275.212/0001-51

____

Empresa Certificada

Eleita uma das 10 melhores Corretoras de Seguros do Brasil em 2018 pela Extramed Administradora de Benefícios