Buscar

Cuidados com a Visão


Admirar uma paisagem, conversar com um amigo através de mensagens de texto, ver a si e aos outros ou simplesmente observar onde está cada objeto são alguns dos diversos benefícios proporcionados a nós pelos nossos olhos, eles são órgãos de destaque no corpo humano e muitas vezes são mencionados de forma poética em músicas e destacados em fotografias. É perceptível a nós que os olhos são órgãos bastante sensíveis, mas, assim como acontece com a audição, os cuidados aos olhos acabam sendo negligenciados, seja pelo dia a dia bastante ocupado da grande maioria das pessoas ou por falta de informações e orientações.


O estilo de vida moderno e a evolução da tecnologia fazem com que seja necessário exigir muito dos olhos por manter foco fixo em uma tela de smartphone, tablet, computador ou TV, seja para entretenimento ou trabalho. A evolução da tecnologia é algo muito benéfico às pessoas, nas mais diversas áreas de atuação, o problema acontece quando os cuidados necessários com a visão não acompanham o ritmo dessa evolução. Exemplificando a situação descrita no início deste parágrafo, imagine uma pessoa (iremos chamá-la de Ana) que passa 9 horas por dia em frente a um computador em seu ambiente de trabalho onde o monitor fica muito perto do seu corpo e não está ajustado com o brilho e contraste adequados para a visão dela em relação à luz presente no ambiente. Além de manter seus olhos focados naquela mesma tela a uma distancia menor que a ideal por muitas horas, o brilho da tela não adequado à luz do ambiente junto aos outros fatores tenderá a lhe causar dor de cabeça, e, nos olhos, fadiga ocular, vermelhidão, ardência, dificuldade de foco, lacrimejamento ou sensação de olhos secos. Quão cansativa é esta rotina aos olhos da Ana? A resposta é, muito.


É chamada de Síndrome da Visão de Computador o conjunto total ou parcial dos sintomas que Ana poderá desenvolver por foco constante e inadequado às telas de monitores de vídeo.


“Um dos motivos para o surgimento da Síndrome da Visão do Computador é o fato de os olhos piscarem menos vezes quando estamos diante da tela do computador. Isso ocasiona o ressecamento e a sensação de olhos secos aumenta.” (Centro de Oftalmologia Avançada, 2019)


Nós piscamos os olhos cerca de 20 vezes por minuto, e, cada vez que isso acontece, os olhos são lubrificados por lágrimas que se espalham por todo o olho. Em frente ao computador, a quantidade de vezes em que piscamos os olhos é reduzida, o que causa o ressecamento.


“Ao ficar muito tempo na frente do computador, tablet ou smartphone, o olho é mais exigido para acompanhar o que acontece na tela, causando mais rapidamente o cansaço. Juntam-se a esse comportamento os elementos externos, como baixa iluminação e má postura, e os sintomas aparecem.” (Centro de Oftalmologia Avançada, 2019)


Como Ana poderia mudar esse cenário e contribuir para a saúde dos seus olhos?


Para começar, ela pode ajustar o nível de brilho e contraste do monitor de seu computador para uma nivelação confortável para sua visão, nem muito alta, nem muito baixa. Em seguida, ela poderá ajustar a distância entre seus olhos e o monitor em pelo menos 50 cm, por empurrar o monitor um pouco para trás, ou afastar sua cadeira da mesa. Outra recomendação, é que Ana tenha um descanso de cerca de 5 minutos para cada hora trabalhada, ela pode sair para ir ao banheiro ou pegar um café (mais recomendado), ou, caso não seja possível na frequência recomendada, tirar os olhos da tela também irá ajudar.


Pode-se sim utilizar os aparelhos eletrônicos por tempo prolongado, mas é necessário estar atento à iluminação e o ambiente. Sentir desconforto nos olhos ao usar os aparelhos significa que algo precisa ser mudado.


Caso os sintomas da Síndrome de Visão do Computador persistam, deve ser procurado um oftalmologista pois estes podem estar associados à alguma doença. O comum é que sejam feitos exames para a identificação da síndrome e para descartar outras possíveis complicações oculares. Assim poderão ser indicados colírios lubrificantes ou óculos de descanso, se necessário, além de ajustes de hábitos.


Agora, imagine que a Ana ajustou as condições do seu computador de trabalho e está praticando as recomendações de descanso para beneficiar sua visão, mas, nos fins de semana, ela costuma ir à praia e não utilizar óculos de sol para proteger os olhos. Neste caso, Ana resolveu apenas um dos problemas que estava prejudicando a sua visão, e este segundo é na verdade pior.


Os raios solares ultravioleta podem causar lesões à retina, ao cristalino e à córnea, e tornar os olhos muito mais suscetíveis e doenças como catarata e pterígio, por isso se deve proteger os olhos com óculos de sol. É importante ter a atenção dobrada quando for adquirir óculos de sol, pois este objeto deve dispor de proteção contra os raios ultravioleta (UVA e UVB), é altamente recomendado não comprar óculos falsificados ou de origem desconhecida ou duvidosa, vendidos em comércios ambulantes ou lojas não especializadas, pois a utilização destes óculos é mais prejudicial à visão do que simplesmente não utilizá-los, entenda o porquê:


“O olho humano possui mecanismos de defesa naturais contra a luminosidade, como a contração da pupila e o fechar da pálpebra. As lentes escuras inibem tais mecanismos, de modo que, se elas não tiverem as qualificações necessárias para resguardar a visão, os raios solares irão atravessá-las e afetar o globo ocular de forma ainda mais severa do que na ausência dos óculos de sol.” (Veja Saúde, 2018)


A orientação para a Ana, neste caso, é adquirir um óculos de sol de qualidade e certificado, em uma ótica ou loja especializada. A mesma regra serve para os óculos de grau, jamais compre óculos de grau em comércios ambulantes ou em lojas não especializadas, uma vez que estes materiais não são elaborados de maneira adequada e podem agravar uma complicação já existente ou tornar a sua visão suscetível a elas.


Confira abaixo outras recomendações para cuidar da saúde dos olhos:


Não durma com maquiagem


“A higiene dos olhos é muito importante para a saúde ocular, sendo importante manter os olhos limpos, especialmente no final do dia ou antes de ir dormir, pois caso contrário podem entrar partículas de cosméticos nos olhos que podem provocar irritações. Por isso, mantenha sempre os olhos sem resíduos de maquiagem, cremes ou outras soluções.” (Tua Saúde, 2017)


Evite tocar os olhos


“Só de colocar a mão no olho podemos infectá-lo. A conjuntivite é exemplo de inflamação porque levamos a mão suja aos olhos. Por isso também devemos evitar passar toalhas no rosto. Assim como as mãos, elas podem levar a contaminação. O correto é usar lenço de papel” (Ministério da Saúde, 2014)


Não faça uso de colírios sem prescrição médica


Nunca utilize colírios de outras pessoas, apenas utilize colírios prescritos por um médico especialista, especificamente para você.


“Existem colírios que podem até perfurar a córnea ou causar glaucoma”. (Ministério da Saúde, 2014)


Evite coçar os olhos com força


“É prejudicial à saúde dos olhos coçar com força, pode causar uma série de doenças, uma delas é na córnea, chamada ceratocone, que provoca uma mudança negativa na curvatura da córnea”. (Ministério da Saúde, 2014)


Realize consultas periódicas


Consultas periódicas com um oftalmologista são muito importantes para o acompanhamento da saúde dos seus olhos e a detecção precoce de qualquer doença, possibilitando assim melhores resultados no tratamento e a preservação de sua visão. É recomendado que sejam feitas consultas periódicas com um oftalmologista uma vez por ano.


Não fume


“A fumaça liberada pelo cigarro muito comumente vai em direção aos olhos. Repleto de componentes nocivos à saúde, esse elemento é um facilitador para que ocorram alergias na região. O tabaco também pode agir de modo a prejudicar a transparência do cristalino, que funciona como uma espécie de lente para os olhos. Em longo prazo, isso pode favorecer ou mesmo acelerar o processo de opacificação dessa estrutura ocular. Como consequência, surge a catarata, um dos maiores problemas para a saúde dos olhos. Quem fuma tem cerca de três vezes mais chances de desenvolver a catarata. Embora largar o tabagismo ajude a diminuir o risco, a doença pode se desenvolver mesmo muito tempo após a interrupção do hábito de fumar.” (CBOO, 2019)


Mantenha-se hidratado


A hidratação do corpo beneficia a todos os órgãos, inclusive os olhos.


Mantenha o rosto limpo


Lavar o rosto ao acordar ou ao chegar da rua é uma boa forma de remover sujeiras ao redor dos olhos.


Tenha uma alimentação saudável


Alimentos como cenoura e ovos tem vitaminas e nutrientes que são benéficas aos olhos. A cenoura, por exemplo, é rica em vitamina A, cuja ausência no organismo pode causar cegueira noturna.


E você, já fez sua consulta com um oftalmologista este ano?


Fontes: Ministério da Saúde, Tua Saúde (1, 2), Saúde Abril (1, 2, 3), CBOO, Tilt



#CuidamosDissoPraVocê



O que é Apendicite?


"...O problema ocorre quando este pequeno órgão tem sua parte interior, também chamada de Luz, obstruída, causando assim uma inflamação aguda de classificação muito grave. Essa obstrução pode ser causada por um pedaço de fezes, por hiperplasia linfoide, pequenos vermes ou outros corpos estranhos, e ainda infecções virais...."

Ler Mais


Hipertensão

"...A hipertensão arterial, ou como é popularmente conhecida “pressão alta”, se refere ao aumento anormal e perigoso da pressão da circulação sanguínea pelas artérias do corpo. Para chegar às outras partes do corpo após ser bombeado pelo coração, o sangue dispõe de..."

Ler Mais

23 visualizações
  • social_media-03
  • social_media-01
  • social_media-02

R. Eng. Ubaldo Gomes de Matos, 53 - Sala 31

Edf. Dormar - Santo Antônio, Recife - PE

50010-907

.

.

© 2020 3W Holding . Todos os direitos reservados

3W Corretora de Seguros LTDA ME   -   CNPJ:21.275.212/0001-51

____

Empresa Certificada

Eleita uma das 10 melhores Corretoras de Seguros do Brasil em 2018 pela Extramed Administradora de Benefícios