Buscar

O Que Pode Acontecer Se Você Consumir Carne Mal Cozida?

Atualizado: Jul 20


Nesse artigo vamos explicar a você dois fortes motivos pelos quais você deve evitar ingerir carne mal cozida, alimentos mal higienizados ou água não filtrada, esses motivos são: teníase e cisticercose.


Ambas as infecções são causadas pelo parasita tênia.


Dentre os parasitas intestinais, a tênia pode vir a ser potencialmente perigosa por poder causar a cisticercose, o que explicaremos melhor mais a frente.


Para iniciar, vamos explicar um pouco sobre a tênia em si e como ela chega até o organismo humano.


Existem dois tipos principais de tênia que afetam o organismo humano, a Taenia solium e a Taenia saginata. São vermes grandes e em formato de fita que se alojam no intestino.


Curiosidade: A tênia é popularmente conhecida como "solitária".


A Taenia solium tem como hospedeiro intermediário os porcos e a Taenia saginata tem como hospedeiro intermediário os bois e vacas. Os humanos são os hospedeiros definitivos.


Importante: Existem também outros tipos de tênia que podem infectar humanos, são elas:


Diphyllobothrium latum – Que usam os peixes de água doce como hospedeiros intermediários.


Hymenolepis nana – Uma tênia de menor tamanho, adquiridas por humanos ao consumirem ovos de tênia.


Vamos entender como ocorre o ciclo completo de infecção pela tênia?


No início do ciclo, os porcos ou gado ingerem ovos da tênia quando dejetos humanos infectados são despejados indevidamente e sem tratamento no meio ambiente. Uma vez dentro do hospedeiro intermediário, os ovos amadurecem e deles saem larvas que entram na parede intestinal e invadem outros tecidos e músculos do animal através da corrente sanguínea e formam cistos.


Quando a carne de animais infectados é usada para alimento sem o cozimento no tempo e temperatura adequados, os cistos presentes na carne do animal entram no organismo humano, se desenvolvem e transformam-se em vermes adultos, que se prendem à parede do intestino delgado. E então ocorre a infecção do hospedeiro definitivo, o ser humano.


Após um tempo, os vermes adultos começam a produzir segmentos do próprio corpo chamados de proglótides. Esses segmentos carregam ovos da tênia, e podem expelir os ovos ou se separar do resto do corpo da tênia e ir em direção ao ânus.


Como os ovos serão expelidos pelas fezes de uma pessoa infectada, caso essas fezes sejam despejadas de forma inadequada no meio ambiente, o ciclo se iniciará novamente.


Sintomas


A presença de tênia vinda da carne suína ou bovina no intestino pode causar sintomas como:


  • Dor abdominal;

  • Perda de peso;

  • Flatulência (excesso de gases intestinais);

  • Diarreia;

  • Constipação (intestino preso).


Existe a possibilidade de que a tênia cause retardo do crescimento e no desenvolvimento em crianças e baixa produtividade em adultos.


A presença da tênia pode também ser percebida pela própria pessoa através da eliminação de segmentos do verme nas fezes.


Complicações


A teníase pode trazer complicações como:


  • Obstrução do apêndice;

  • Obstrução do colédoco;

  • Obstrução do ducto pancreático;


A Taenia solium, que vem da carne de porco contaminada, pode causar um outro problema de saúde chamado cisticercose.


Cisticercose


A cisticercose é um problema que pode levar a óbito e acontece quando uma pessoa se torna o hospedeiro intermediário da tênia.


Mas como isso é possível?


Para ser um hospedeiro intermediário, a pessoa precisa ingerir os ovos da Taenia solium (aqueles que foram eliminados nas fezes humanas, lembra?).


Caso dejetos humanos contaminados tenham sido despejados no meio ambiente de forma inadequada e sem tratamento, podem contaminar o solo, a água e plantações, o que pode fazer com que esses ovos sejam ingeridos por uma pessoa através de água ou alimentos contaminados.


Existe também uma possibilidade de os segmentos da tênia migrarem para o estômago e não para o ânus, liberando assim os ovos ali.


Nesse caso, como são ingeridos os ovos e não os cistos, o processo que acontecerá dentro do corpo humano será igual ao que acontece no corpo do hospedeiro intermediário.


Após a ingestão, os ovos da tênia se rompem e surgem as larvas, que invadem a parede intestinal e entram na corrente sanguínea, uma vez lá eles circulam pelo corpo e podem se alojar sob a forma de cistos no cérebro, fígado, pulmões e outros órgãos, e também nos músculos, e no tecido sob a pele, causando assim nódulos na pele.


A neurocisticercose (quando os cistos vão para o cérebro) é potencialmente perigosa, pois causa convulsões, distúrbio de comportamento, hipertensão intracraniana e outros sintomas neurológicos, podendo levar à morte.


Quando os cistos vão para os olhos, podem causar cegueira, e quando vão para a medula espinhal, podem causar paralisia.


Diagnóstico


A teníase pode ser diagnosticada através de um exame de fezes e a cisticercose pode ser diagnosticada através de exames de imagem, como tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM), podendo o médico responsável solicitar exames complementares.


Tratamento


O tratamento da teníase é feito utilizando medicamentos antiparasitários de acordo com a prescrição médica.


O tratamento da cisticercose pode ser feito com medicamentos e também por cirurgia para retirada das larvas calcificadas em forma de cistos, em casos mais graves.


Prevenção


Cuidados com o consumo de alimentos e principalmente com a higiene e descarte adequado dos dejetos humanos são eficazes para interromper o ciclo da tênia.


As recomendações são:


  • Não consuma carnes mal cozidas, a alta temperatura de cozimento, no tempo adequado (pelo menos 70 °C por pelo menos 3 minutos), mata o verme;

  • Tenha certeza de lavar adequadamente verduras e legumes antes de consumi-los.

  • Lave as mãos antes de se alimentar;

  • Evite beber água não filtrada. Caso não seja possível filtrar a água, ferva-a antes de ingerir.

  • Sempre lave as mãos ao usar o banheiro;

  • Tenha cuidado com alimentos vendidos em lugares com baixas condições de saneamento;

  • Evite comprar carne em lugares clandestinos, sem fiscalização ou com falta de higiene aparente;

  • Evite que os dejetos humanos sejam despejados em local inadequado e sem tratamento;

  • Caso você tenha uma criação de animais suínos ou bovinos, não permita que eles cheguem perto de dejetos humanos ou água contaminada.


Seguindo essas orientações, você ajudará a impedir que o parasita continue a infectar animais e seres humanos, evitando assim a teníase e a cisticercose.


Referências: Manual MSD, Ministério da Saúde, Dr. Drauzio Varella, Biblioteca Virtual em Saúde



#CuidamosDissoPraVocê



Como um Plano de Saúde Pode Significar Economia e Não Despesa?


"...Em um cenário tão desfavorável, muitos viram a necessidade de reduzir os gastos de forma imediata, e os gastos fixos, tais como a mensalidade do plano de saúde, acabaram indo para o topo da lista..."

Ler Mais


O Que é Pneumonia?


"...O espaço onde ficam os alvéolos pulmonares precisa estar extremamente limpo. Quando há a entrada de algum agente infeccioso, acontece uma inflamação intensa, que é característica da pneumonia..."

Ler Mais

26 visualizações