Buscar

Que Tipo de Acomodação Devo Escolher no Plano de Saúde?


Imagine uma pessoa (iremos chamá-la de Paula) que por meses estava em dúvida se contrataria ou não um plano de saúde, e embora aquele fosse um assunto o qual ela não dava muita atenção anteriormente, por ter precisado ir a um hospital pouquíssimas vezes nos últimos anos, sua filha de 8 anos começou a apresentar sintomas de diabetes, ela então sentiu a necessidade de buscar uma melhor qualidade para o cuidado da saúde de ambas, pois poderiam precisar desse cuidado a qualquer momento e ter um plano de saúde faria toda diferença.


Após uma longa análise com seu consultor, Paula optou por um plano de uma operadora bem conceituada, porém, travou quando o seu consultor lhe fez a seguinte pergunta: “Qual o tipo de acomodação que você deseja?”.


A acomodação se refere ao ambiente em que o paciente irá ficar caso precise de internação, e, embora pareça algo simples no momento da contratação, o tipo de acomodação escolhido pode ser de grande diferença quando se trata de conforto e bem estar psicológico, principalmente após um procedimento de saúde mais complexo.


Paula era mãe solteira, porém, mesmo com várias despesas para pagar sozinha, recebia uma boa remuneração como supervisora de RH em uma grande empresa de calçados. Ela ficou na dúvida se realmente valeria a pena arcar com a acomodação mais confortável e pediu então para que seu consultor lhe explicasse mais detalhadamente sobre os dois possíveis tipos de acomodação, apartamento e enfermaria.


Assim como ele explicou à Paula, neste artigo nós vamos explicar a você sobre esses dois tipos de acomodação e fazer uma comparação entre eles, para assim ajudá-lo(a) a escolher a opção que mais lhe será benéfica a curto, médio e longo prazo.


Vamos lá?


Primeiro, vamos entender a definição de cada um dos dois tipos de acomodação:


Acomodação em enfermaria


Neste tipo de acomodação, caso o paciente precise ficar internado, ele ficará na enfermaria do hospital, junto a outros pacientes, recebendo o devido acompanhamento e cuidado por parte dos profissionais de saúde.


Acomodação em apartamento


Ao contratar um plano de saúde com acomodação em apartamento, o paciente terá um espaço exclusivo para si, proporcionando assim mais conforto e privacidade para ele.


Agora chegamos à parte interessante, vamos compará-las utilizando os pontos principais quando se trata desse assunto:


Privacidade e conforto


Se a privacidade é um fator muito importante para você, a acomodação em apartamento pode ser uma melhor opção, uma vez que haverá um espaço exclusivo para você, onde poderá também colocar seus pertences com mais tranquilidade, além de ter um banheiro privado.


Quando a internação é feita após procedimentos mais delicados, como cirurgias, a recuperação em ambiente privado é sem dúvidas mais agradável ao paciente, tanto mentalmente quanto fisicamente.


Na enfermaria, até três pacientes internados dividem um mesmo ambiente e o banheiro é compartilhado.


Falando de conforto, nas acomodações em apartamento costumam ser disponibilizados uma cama maior, uma TV onde o paciente poderá controlar o que deseja assistir, frigobar, controle do ar condicionado para regular a temperatura de acordo com a preferência dele, podendo também estar incluído o acesso à rede Wi-Fi. Tais comodidades ou permissões (como escolher o canal da TV) não estão disponíveis na acomodação em enfermaria.


A privacidade e conforto são, sem dúvida, as principais diferenças entre os dois tipos de acomodação.


Horário de visitas


Devido à maior exclusividade de espaço quando o tipo escolhido é apartamento, os horários de visitas também se tornam mais flexíveis, o que pode com certeza proporcionar mais conforto e facilidade para os amigos ou familiares que vão visitar o paciente em recuperação.


Quando a acomodação é na enfermaria, o cenário é um pouco diferente. Pelo fato de até três pacientes estarem dividindo um mesmo ambiente, os horários de visitas se tornam mais limitados, a fim de evitar causar incômodo aos demais pacientes e evitar possíveis aglomerações que possam tornar o ambiente mais propício à transmissão de infecções.


Acompanhante


É garantido por lei que pacientes com idade inferior a 18 anos e superior a 60 anos, pessoas com deficiência e gestantes em trabalho de parto e pós parto tenham acompanhante com custos cobertos pela operadora de saúde em caso de internação.


Este tópico é muito relativo, pois as operadoras de saúde e hospitais podem permitir além do que é obrigatório, ou seja, flexibilizar a permissão do acompanhante e a cobertura de custos, tanto para internação em enfermaria quanto para internação em apartamento.


Pode haver, no entanto, uma maior probabilidade de flexibilização das permissões do acompanhante para a acomodação em apartamento, justamente por ser um espaço privado e não haver o risco de incomodar outros pacientes ou causar possíveis aglomerações, assim como no caso dos visitantes.


Independente do tipo de acomodação escolhido, é importante e necessário verificar no contrato do plano de saúde sobre as permissões para o acompanhante, a fim de evitar problemas futuros.


Caso você tenha dificuldade em encontrar esta ou qualquer outra informação, pode sempre pedir a ajuda do seu consultor(a).


Custo benefício


Este é o grande fator de peso para a escolha do tipo de acomodação, e muitas vezes é o fator decisivo.


A acomodação em apartamento requer mais custos de manutenção, além de oferecer mais vantagens, comodidades e flexibilidades, por isso, é normal que a acomodação em apartamento seja mais cara que a acomodação em enfermaria.


Agora que você já entendeu sobre os principais pontos, vamos voltar a falar sobre a Paula? O que será que ela decidiu?


Bem, a Paula calculou suas despesas mensais e, no caso dela, escolher a opção mais benéfica, embora fosse mais cara, não iria prejudicá-la financeiramente, então, ela acabou escolhendo a acomodação em apartamento, visando um melhor conforto tanto para ela quanto para sua filha caso precisassem de internação.


No caso da Paula, a acomodação em apartamento foi a melhor escolha, mas tenha atenção, cada caso precisa ser analisado individualmente. Muitas vezes a condição financeira do beneficiário do plano de saúde faz com que o mesmo precise buscar por uma opção mais econômica. Além disso, deve ser levado em consideração o que é mais importante para cada pessoa.


Vale ressaltar que, independente do tipo de acomodação escolhido, em caso de internação, os pacientes receberão o tratamento e os cuidados necessários para uma boa recuperação.


Mas e se você já tem um plano de saúde com um tipo de acomodação e deseja alterar para outro tipo, essa alteração é possível?


Felizmente sim, a alteração pode ser solicitada em contato diretamente com a operadora, e, caso o cliente precise de ajuda, pode solicitar orientações ao consultor responsável.


Agora que você tem um conhecimento mais aprofundado sobre o assunto, qual tipo de acomodação você considera ideal para você?



#CuidamosDissoPraVocê



Novas Coberturas Incluídas no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde


"...O mês de Abril de 2021 trouxe uma boa notícia para aqueles que possuem ou desejam contratar um plano de saúde. Por meio da Resolução Normativa nº 465/2021, novos itens foram incluídos pela ANS ao Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde..."

Ler Mais

Vale a Pena Abrir um MEI para Contratar um Plano de Saúde?

"...As operadoras costumam disponibilizar planos de saúde empresariais a preços bem mais acessíveis se comparados às outras duas opções de contratação, por, entre outros fatores, haver a probabilidade de mais pessoas incluídas no plano como dependentes..."

Ler Mais

27 visualizações